sábado, 30 de junho de 2012

Tipos de texto



O texto é uma mensagem: uma passagem falada ou escrita que forma um todo significativo independentemente da sua extensão.
          Os tipos de texto são: Narrativos, Descritivos, Informativos, Argumentativos, Injuntivos e poéticos.
Narrativo: relata fatos e acontecimentos verossímeis (verdadeiros) ou inverossímeis (ficção), situados no tempo.
Não existe texto puramente narrativo. Quando dizemos “A mulher se aproximou da penteadeira e pegou o estojo de maquiagem”, fazemos também uma descrição. O mesmo não ocorre com texto puramente descritivo: ”O jardim é retangular, com muitas rosas e cravos”.
Tem-se:
Personagens: protagonista (mocinho), antagonista (vilão – pode ser também uma situação) e coadjuvantes (secundários);
Tempo: cronológico (pode ser contado no relógio) e psicológico (tem-se uma ideia)
Enredo: a síntese da historia;
Espaço: local em que se passa o enredo.
Descritivo: representa-se objetos e personagens que participam do texto narrativo. Na verdade, contar uma historia é mesclar narrações e descrições.

Informativo: transmite conhecimentos, esclarece determinado assunto, encontramos em obras cientificas, enciclopédias, manuais escolares, guias turísticos, relatórios técnicos, notícias, etc.
O Texto Informativo deve ter uma linguagem objetiva e não se confunde com os textos de natureza artística ou literária. É o texto da imprensa, do professor, dos relatórios, técnicos ou científicos. Analisa um fenômeno ou uma teoria, prestando-se ao uso didático.

Argumentativo: procura convencer ao se defender uma tese (ideia) com argumentos.
O Texto Argumentativo procura convencer, propondo ou impondo ao receptor uma interpretação particular de quem o produz. Por isso mesmo, visa defender uma tese ou rejeitá-la.
O texto argumentativo não se confunde com os textos informativos, pois nestes os fatos e idéias não são geralmente expostos com o objetivo de convencer o receptor.
Em geral, o desenvolvimento de uma argumentação comporta três etapas:
v                             Uma tese, que enuncia o ponto de vista que será objeto de demonstração;
v                       Os argumentos, elementos abstratos geralmente apresentados em ordem crescente de importância e que justificam a tese;
v              E as provas que sustentam os argumentos e que devem ser elementos concretos(fatos ocorridos, depoimentos ou citações de intelectuais reconhecidos, fatos históricos e etc.). 

Injuntivo: é usado para convencer alguém, apelando.
A palavra injunção significa ordem formal, imposição, exigência.Uma das formas verbais do texto injuntivo e o imperativo.Os textos injuntivos exemplificam o uso da linguagem em sua função apelativa (ou conativa).

Poético: a construção da mensagem é o objetivo principal ao se valorizar sons, ritmos, e sentidos.

Podemos encontrar textos poéticos narrativos, descritivos, informativos e até com passagens ou objetivos injuntivos, como algumas mensagens publicitárias.

Do livro: Português, de Maia.